Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2016

Orientações básicas para inventário extrajudicial

Imagem
ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA INVENTÁRIO EXTRAJUDICIAL
Inventário: A Lei 11.441/07 facilitou a vida do cidadão e desburocratizou o procedimento de inventário ao permitir a realização deste ato em cartório, através de escritura pública, de forma rápida, simples e segura. O inventário é um procedimento utilizado para apuração dos bens, direitos e dívidas do falecido. Com a partilha é instrumentalizada a transferência da propriedade e divisão dos bens deixados pelo falecido a seus herdeiros.
CONDIÇÕES: TODOS OS HERDEIROS DEVEM SER MAIORES E CAPAZES. O(S) FALECIDO(S) NÃO PODE(M) TER DEIXADO TESTAMENTO
Obs.: Esboço de Partilha elaborado PELO ADVOGADO CONTENDO A RELAÇÃO DE TODOS OS HERDEIROS E BENS devidamente estimados do(S) “FALECIDO(S)”. INVENTÁRIO EXTRAJUDICIAL REQUISITOS:
1.Obrigatoriedade da presença de advogado;
2.Inexistência de herdeiros menores ou incapazes;
3.Inexistência de qualquer forma de litígio;
4.Inexistência de testamento;

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA:
1. Minuta assinado por advogado. Inform…

Seguidores: