Seguir Blog:

NA FANTASIA DA LINGUAGEM

NA FANTASIA DA LINGUAGEM


Escrita colorida ilustrando vida

Vivida infância de viva lembrança

Da beleza da herança. Tempo Criança!

Imagem de sonhos, viagens dimensionais

Linguagem da mágica em recursos lexicais

A comparação dos seres, o jogo de semelhanças

Velhas figuras tais velhas alianças.

O tempo é esmeralda, é diamante

A implícita metáfora do relógio radiante

A noite – um monólogo inquietante

O dia – a fantasia excitante.

A dois passos do paraíso ilustrado

Nos casos apaixonados ao ler Jorge Amado

A parte pelo todo, o autor pela obra, outrora

Metomínia poética a perder-se na hora.

Em termos impróprios um embarque na carruagem

Cinderela apaixonada em rimas de homenagem

Feminina guerreira da engrenagem social

Na catacrese dos versos um simples mortal.

Atrevida personificação que permite criação

Da dança de palavras colorindo ilusão

Arco-íris que risca e encanta o céu

No Nordeste do Brasil um liberto cordel

Terra sem vida, sem navio do deserto

Seca e triste, um campo aberto

Perífrase em pranto, na alma a dor

No sorriso cultivas semente do amor.

Alegórica imagem que brinca nas curvas

Na sede do sentido em fonte de estilo

Inspiração cristalina – raízes de estímulo.

Winderson Marques

4 comentários:

  1. Primeiro, um comentário super estimulante deixado lá no InterTextual. Depois, este poema genial aqui! Resultado: sou teu fã. :)

    Volto aqui com mais calma. Não deixe de aparecer.

    ResponderExcluir
  2. A linguagem clássica, fantasiosa a linguagem do poeta. Amei
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Obrigado pela visita. Este texto é de uma riqueza de imagem impressionante. Gostei do estilo do blog. Parabéns

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigada por sua visita!!! Adorei as figuras em seu poema.
    Abraços.

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita.

Tecnologia do Blogger.